Vagas no Senai MG – alta demanda por mão de obra qualificada



O Aquecimento da Economia brasileira, acompanhado das grandes e fundamentais obras do PAC e também a grande demanda na área de infraestrutura causadas pela Copa do Mundo de 2014 e pelos jogos Olímpicos de 2016 aumentaram exponencialmente a demanda por uma mão de obra extremamente qualificada e preparada.

Senai Minas Gerais Oferece vagas para atender a demanda

Senai Minas Gerais Oferece vagas para atender a demanda

Assim como em todo o pais, Minas Gerais não foge à regra. Sendo um dos estados que mais crescem no Pais, acima da média do PIB nacional. Nesse cenário, o Senai vem ajudando a industria mineira a suprir a enorme demanda por profissionais de altíssima competencia e grande capacitação técnica.

Em 2010, foram mais de 150 mil alunos matriculados em centenas de cursos por todo o estado em diversas áreas, incluindo: extração mineral, confecção, panificação, metal mecânico e metalurgico. Os profissionais formados pelo Senai, em sua grande maioria, já sairam empregados dos cursos.

Em 2011, serão inauguradas nove unidades em Minas Gerais:
Nova Serrana – para atender a grande demanda da área de calçados
Conceição do Mato Dentro – voltada para área de Mineiração
São Sebastião do Paraido – direcionada ao mercado industrial
Alem dessas, serão abertas mais 6 unidades com caracteristicas generalistas, atendendo a grande demanda local das regiões próximas: Coronel Fabriciano, Dionísio, Passos, São Gonçalo do Pará, Três Corações e Viçosa.

Todas essas unidades do Senai oferecerão cursos gratuitos em 2011 para alunos que comprovarem baixa renda familiar.

Veja as modalidades de cursos disponíveis no Senai em Minas Gerais

Aprendizagem industrial

gratuito, promove a profissionalização de adolescentes e jovens

Qualificação profissional

destina-se a profissionais que buscam atualização para o exercício de funções demandadas pelo mercado

Aperfeiçoamento profissional

permite que os trabalhadores aperfeiçoem suas competências profissionais, relacionadas à respectiva ocupação ou área profissional

Cursos técnicos

destinam-se a alunos matriculados ou egressos do Ensino Médio

Cursos superiores de tecnologia

formam tecnólogos com cursos de duração entre dois e três anos